Dremia

Produtora de canais temáticos dirigida aos mercados português e africanos

  • Panda
  • BIGGS
  • Canal Hollywood
  • Blast
Home / Notícias / DREAMIA REÚNE PRINCIPAIS PLAYERS EM DEBATE SOBRE O FUTURO DA TELEVISÃO
 

DREAMIA REÚNE PRINCIPAIS PLAYERS EM DEBATE SOBRE O FUTURO DA TELEVISÃO

A produtora Dreamia, uma joint-venture detida pela NOS e pela AMC Networks International - Iberia, reuniu os principais players na área dos media durante o debate "O Futuro da Televisão e as novas formas de consumo" que decorreu ontem na universidade Católica, em Lisboa.

Os grandes desafios que a televisão enfrenta, as novas formas de consumo, o avanço da tecnologia, bem como as últimas tendências e hábitos do espectador foram alguns dos temas abordados neste encontro que contou com a presença de Eduardo Zulueta, Presidente da AMC Networks International Iberia e Latin America; Gonçalo Reis, presidente da RTP; Bruno Santos, diretor de programação da TVI; Rogério Canhoto, CRO do Grupo Impresa; Pedro Mota Carmo, CEO da Dreamia; Jorge Graça, administrador - executivo da NOS; Luís Nascimento, CSO da Meo, entre outros.

Apesar do consumo televisivo estar a sofrer alterações, o estudo "As novas dinâmicas do consumo audiovisual em Portugal", da autoria da Entidade para a Comunicação Social (ERC), revela que 67,2% das pessoas ainda consomem televisão em directo, contra 33,8% que o fazem em diferido, o que confirma que a televisão continua a ser relevante e a grande plataforma de audiências em larga escala.

O avanço da tecnologia foi apontado como um dos maiores desafios-chave da actualidade. "Estamos no início de uma revolução tecnológica que influencia a forma como consumimos televisão. Enquanto líderes no mercado da televisão por cabo, onde conquistamos 13,8% de quota de mercado,  temos de saber acompanhar todas as alterações para estarmos à altura de enfrentar novos desafios", refere Eduardo Zulueta, Presidente da AMC Networks International Iberia e Latin America.

"O canal AMC vai reforçar a sua aposta em séries com mais de 13 lançamentos entre 2016 e 2017 além de lançar duas iniciativas tecnológicas odisseia 3.0 com uma aplicação em VR e 4K e machinima, o primeiro canal multiplataforma sobre o mundo dos gammers e phandom em Portugal antes do final do ano", acrescenta.

Segundo Pedro Mota Carmo, CEO da Dreamia, "estamos muito satisfeitos por ter reunido neste evento os principais produtores de canais de televisão e, pela primeira vez, todas as plataformas de distribuição em Portugal, em torno da discussão dos desafios que todos enfrentamos. Esperamos que a visão dos intervenientes possa servir para uma melhor identificação da atual situação e ajudar a construir mais soluções no mercado."

 

Para Jorge Ruano, diretor de marketing da Dreamia, "esta iniciativa surge numa altura crucial em que o setor audiovisual está a passar por uma intensa transformação. Assistimos ao aparecimento de novos operadores no mercado, a uma aposta crescente no online e a um aumento notável no consumo do cabo. Atualmente, mais de um terço dos portugueses já tem televisão por subscrição e o primeiro semestre deste ano registou um crescimento de 11% no número de espectadores neste universo".

O crescimento do cabo é já uma realidade com casos de verdadeiros fenómenos "como é o Canal Hollywood que, pelo terceiro ano consecutivo, cresce e assegura a liderança entre os canais da televisão temática em Portugal, ou o canal Panda que conquistou  89% de notoriedade e que é já uma referência incontornável para as crianças portuguesas, contando, desde a sua criação, com mais de 20 formatos especificamente desenhados para esta audiência", sublinha Pedro Mota Carmo, CEO da Dreamia.

Segundo o estudo "As Novas Dinâmicas do Consumo Audiovisual", realizado em 2106, pela ERC, o consumo de conteúdos móveis também tem crescido: depois da televisão, o smartphone é o dispositivo com maior presença nos lares portugueses (75,2%). Quanto ao consumo de televisão, mais de metade é feito em diferido entre os jovens da faixa etária 25/34 (52,8%), seguido das faixas etárias 15-24 (46,6%) e 25-44 (45,4%).

De acordo com a ANACOM, até junho deste ano, o número de assinantes de televisão paga em Portugal ascendeu a 3,6 milhões, sendo que o segundo trismestre do ano registou uma subida homóloga de 4,7% nos subscritores de televisão paga. Num ano, mais de 205 mil portugueses aderiram cativados pela fibra ótica e pela oferta de canais exclusivos do cabo, comparativamente com o segundo trimestre de 2015.

Canais Representados

  • Panda
  • BIGGS
  • Canal Hollywood
  • Blast

Contactos

Morada:

Rua Ator António Silva, 9 - 1ºpiso
1600-404 Lisboa

  • Telefones:
  • tel | (+351) 21 782 44 00
  • fax | (+351) 21 782 44 87

DREAMIA SERVIÇOS DE TELEVISÃO
© 2010 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS